Epílogo (por enquanto)

Carlos Alberto Machado continuou sua empreitada na divulgação da ficção científica como instrumento educacional em seu mestrado onde defendeu em 2000 na Universidade Federal do Paraná a dissertação “Contribuições da Ficção Científica para o Conhecimento e a Aprendizagem” que transformou-se em livro (Realismo Fantástico na Educação). Como acadêmico procura orientar ou ajudar a distância, outros colegas que estejam pesquisando temática similar. Também vem atuando em palestras na intenção de divulgação de seu trabalho. Da idéia do clube Federação surgiu outro grupo que maturado por alguns amigos e professores fundaram em fins de 2000, a Confraria de Escritores de Ficção Científica atuante até os dias de hoje e onde alguns ex-membros federativos costumam freqüentar. Diferente da Federação, a Confraria como seu próprio nome já diz, é voltada a criação de novos talentos brasileiros na arte de escrever contos de ficção, sejam de ficção científica ou não. Um de seus integrantes principais é o escritor e poeta André Carneiro, com vários livros na praça, voltados ou não a essa temática. Vários de seus membros chegaram a ser premiados nacionalmente com seus contos.

Curitiba, 09 de dezembro de 2007

Leave a Reply