13 Mar

Google projeta sistema de busca ao estilo de Jornada

Craig Nevill-Manning, diretor-sênior de engenharia do Google em Nova York e que ajudou a construir um dos melhores mecanismos de busca na internet, está formando uma equipe para desenvolver a próxima geração de busca. Só que ele quer algo no estilo dos computadores de Jornada, com uma resposta personalizada adquirida a partir de informações armazenadas em toda a rede.
A próxima geração do Google vai encontrar os dados, analisá-los e emitir pareceres pessoais com base no que ele encontrar. “Se você tem uma pergunta, e a resposta está na web, o Google irá encontrá-lo muito rapidamente”, disse o Dr. Nevill-Manning a partir de Nova Iorque no centro de engenharia do Google, que ele estabeleceu uma década atrás. “Mas há algumas questões que não temos uma resposta”, observou o cientista ao site stuff.
“Por exemplo, digitando: Eu estou interessado em comprar um carro novo, no sistema de busca do google atualmente, ele oferece uma lista de 721 milhões de sites que contenham algumas ou todas essas palavras. Não há nenhuma análise inteligente dos dados encontrados”.
“Isso é realmente o problema que quero resolver”, disse Nevill-Manning, que estudou doutorado de ciência da computação na Universidade de Waikato entre 1992-1996. “O que realmente pretendemos construir é um computador de Jornada.”
Os personagens de Jornada obtem informações do computador da USS Enterprise fazendo-lhe uma pergunta, que seria entregue em forma de conversação ou na tela. A próxima geração do Google irá utilizar os dados de toda a internet para oferecer conselhos sobre que tipo de carro você deve comprar em uma página da Web, talvez refinando a leitura final com base em outros fatores.
“Isso é o que estamos buscando. Ele será acessado a partir de computadores pessoais, bem como dispositivos móveis, como smartphones Android, do Google e nos tablet”.
“Nós já temos a tecnologia de reconhecimento de voz embutido no telefone”, disse Craig.
Acrescentou o cientista que, além dele, os co-fundadores do Google, Larry Page e Sergey Brin, se concentram no projeto de Jornada. ”Nos últimos nove meses tenho escrito o código e experimentando”, disse ele.
“Eu estava desesperando voltar a trabalhar em uma idéia totalmente nova. Você não pode delegar sempre que se tem uma boa idéia.”
“Os sites são projetados para serem lidos por seres humanos, não por computadores, o desafio é torná-los úteis para que as pessoas publiquem informações em um formulário simplificado.”
“Espero que a parte inicial deste esteja disponível nos próximos 12 meses”.
“O futuro começa”, já diz a chamada promocional do filme Star Trek. E que venha logo.
Fonte: Star Trek.com

Leave a Reply